Notícias

Fato Relevante

Movida Participações S.A. ("Companhia"), sociedade por ações de capital aberto, vem informar aos seus acionistas e ao mercado em geral que, nesta data, o Conselho de Administração da Companhia aprovou a 4ª (quarta) emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, em até 3 (três) séries, no valor de R$700.000.000,00 (setecentos milhões de reais) ("Debêntures" e "Emissão", respectivamente), com valor nominal unitário de R$ 1.000,00 (mil reais) na data da emissão.

A Emissão será realizada em até 3 (três) séries, no sistema de vasos comunicantes para a segunda e terceira séries, observado o montante mínimo de R$150.000.000 (cento e cinquenta milhões de reais) para as Debêntures da terceira série e o montante total de R$250.000.000,00 (duzentos e cinquenta milhões de reais) para as Debêntures da primeira série, sendo que serão definidas conforme o procedimento de bookbuilding: (i) a existência da segunda série; (ii) a quantidade de Debêntures a serem alocadas na segunda série e na terceira série, observado o montante mínimo da terceira série e a quantidade de Debêntures da primeira série; e (iii) a remuneração das Debêntures da segunda série e a remuneração das Debêntures da terceira série.

As Debêntures farão jus a juros remuneratórios correspondentes a 100% (cem por cento) da variação acumulada das taxas médias diárias dos Depósitos Interfinanceiros DI, over extra-grupo ("Taxa DI"), acrescido exponencialmente de sobretaxas ou spreads ao ano (base 252 dias úteis), conforme abaixo:

(i) 1ª série: sobretaxa ou spread equivalente a 1,25% (um inteiro e vinte e cinco centésimos por cento) ao ano, com vencimento em 2022.

(ii) 2ª série: sobretaxa ou spread a ser definido de acordo com o procedimento de bookbuilding e, em qualquer caso, limitado a 1,60% (um inteiro e sessenta centésimos por cento) ao ano, com vencimento em 2024.

(iii) 3ª série: sobretaxa ou spread a ser definido de acordo com o procedimento de bookbuilding e, em qualquer caso, limitado a, no mínimo, 1,80% (um inteiro e oitenta centésimos por cento) e, no máximo, 2,10% (dois inteiros e dez centésimos por cento) ao ano, com vencimento em 2027.

Clique aqui para acessar o Fato Relevante completo.

São Paulo - SP, 28 de maio de 2019.

Edmar Prado Lopes Neto
Diretor de Relações com Investidores